Com a rotina do cotidiano, muitas pessoas se tornam ansiosas ou deixam seus sintomas aflorar. Trabalho, trânsito, rotinas de casa, cuidados com os filhos, cuidados com a família, etc. São muitas as rotinas que, muitas vezes, uma pessoa tem que dar conta. O acúmulo de tarefas e ou à falta de um ‘tempinho’ para você cuidar da saúde, fazem com que a ansiedade se torne cada vez mais comum entre as pessoas.  Mas o que é a ansiedade?  Quais são os sintomas que ela causa?

A ansiedade se caracteriza por alguns estados emocionais que envolvem sentimentos desagradáveis como tensão, angústia e em alguns casos, sofrimento. Tais aspectos podem causar sintomas como taquicardia, disfunções do sono, excesso de sudorese, vertigens, distúrbios gastrintestinais, náuseas, etc.

Em muitos exercícios ocorrem à liberação de substâncias que podem ajudar muito as pessoas que sofrem de ansiedade. A endorfina e a dopamina, são exemplos de substâncias liberadas em maior volume no seu organismo, quando você realiza exercícios de forma regular. Elas propiciam um efeito de tranquilidade, relaxamento e maior equilíbrio psicossocial. Outras melhoras fisiológicas e metabólicas que os praticantes de exercício físico possuem, são a maior liberação por neurotransmissores de serotonina. Substância essa, que aumentam a sensação de prazer no organismo.

O exercício físico feito de forma regular vai atuar na melhoria de diversas funções do seu organismo. Ele atua promovendo melhoras nos sistemas cardíaco, respiratório, gastrintestinais, atuam nos sistemas nervoso simpático/parasimpático, promovem atuações do sistema endócrino, etc.

Muitos estudos mostram que os exercícios anaeróbicos (ex: musculação, treinamento funcional) com intensidade moderada, combinados com exercícios aeróbicos (ex: caminhadas, andar de bicicleta) com características moderadas, ajudam pacientes com distúrbios de ansiedade reduzir esses sintomas. Essa prática deve ser regular e recomenda-se procurar um profissional de educação física, para prescrever os exercícios corretos de acordo com o perfil do indivíduo.

Outra atividade que contribui muito para saúde mental é o Yoga.  Na ansiedade, essa atividade ajuda a controlar a respiração diafragmática e conhecer um pouco mais sobre o autocontrole do relaxamento. O Yoga é uma atividade saudável que trabalha corpo e mente, proporcionando muitos benefícios aos praticantes.

Se você é uma pessoa que é ansiosa, vale à pena experimentar todas essas dicas. Caso você não seja uma pessoa ansiosa, que ótimo, faça os exercícios de forma preventiva. O melhor meio para não ter nenhum sintoma de ansiedade é a prevenção através das atividades propostas.

Richardson Siqueira

Profissional de Educação Física Clinlife

CREF 01838-7

Related posts:

  1. Exercício Físico x Diabetes
  2. Exercício Físico – A cultura preventiva que a maioria não tem
  3. Exercício Físico X Gestação
  4. Ansiedade x Atividade Física
  5. Como o exercício pode contribuir para a consolidação do peso ideal