Segundo definição “ter foco” significa “ter um planejamento, ser organizado, estabelecer um objetivo, alcançar metas e atingir o que se pretende através de persistência”. Já o hábito pode ser conceituado como “costume; maneira de viver; modo constante de comportar-se e de agir”.

O que você acredita que os dois têm em comum?

Ao decidirmos mudar um hábito, ter foco é essencial. Ambos estão relacionados ao modo de viver, às escolhas que fazemos, seus impactos e renúncias ligadas a elas.

Quando se tem um objetivo pode surgir uma necessidade de mudança e esta precisa ser construída aos poucos. Qualquer técnica pode ser aprendida, mas o importante está no hábito em aplicar a técnica e para isso é preciso ter objetivo e persistência. É acreditar que a mudança é possível.

Há evidências de que quando se quer mudar um hábito precisamos encontrar uma prática alternativa e quando nos comprometemos a mudar as chances de sucesso aumentam. Buscar compreender a si mesmo e entender porque temos determinados costumes já é um grande passo, pois um hábito não pode ser eliminado, mas sim substituído, proporcionando bem-estar.

Se desejarmos ser mais produtivos, disciplinados, alcançarmos nossos objetivos e para isso precisarmos mudar… Façamos isso! Com foco, determinação, autoconhecimento é possível!

Começou uma mudança de hábito com determinação, mas ocorreu um “equívoco”, saiu dos trilhos, volte! O grande segredo não é errar, mas sim reconhecer o erro e voltar para o seu propósito!

Vamos lá! Mexa-se!

Fernanda Dias
Psicóloga Clinlife
CRP 04/27335

Related posts:

  1. Mudança de Hábito
  2. O verão chegou: então foco na alimentação
  3. A Trilogia da Mudança
  4. Comer barra de cereais é um hábito saudável?
  5. Faça do exercício físico um hábito de verdade