Hábitos alimentares que ajudam na TPM


Devido ao inchaço corpóreo, evite o excesso de alimentos industrializados, principalmente aqueles ricos em sódio e gorduras como salgadinhos, carnes processadas, refrigerantes, pipocas de microondas, temperos prontos, macarrão instantâneo, e excesso de sal.
Consuma regularmente alimentos ricos em triptofano: castanhas, peixes, queijo, ovos, ervilha, abacate, banana.
A Vitamina B6 é uma importante aliada do sistema nervoso: nozes, banana, gérmen de trigo, feijão, lentilha, cenoura, leite.

Fiquem atentas, pois pílulas anticoncepcionais podem depletar algumas vit. (B6) e minerais, favorecendo sintomas indesejáveis desse período.
O Cromo (levedo de cerveja e alimentos integrais) vai ajudar indiretamente, pois melhora a compulsão alimentar.
O magnésio facilita o transporte de energia, atua também como ansiolítico (castanhas, sementes de abóbora, girassol, acelga, frutas secas).

Evite sempre o excesso de bebidas alcoólicas e bebidas cafeinadas como café, chás estimulantes (chá verde, preto) pois ativam o sistema nervoso central e podem potencializar a irritabilidade.

Consuma alimentos que atuam como antiflamatórios naturais como peixes de água fria, sementes de chia, linhaça que são ricos em ômega 3. Temperos como cebola, alho, e açafrão e cúrcuma também são excelentes.

Cada mulher apresenta sintomas variados nesse período, portanto, de acordo com cada queixa e ou sintoma é importante procurar seu ginecologista.

A prática regular de atividade física ajuda por causa da liberação dos “hormônios da alegria”.

 

 Ludimila Oliveira

Nutricionista Clinlife

CRN 13325