Um estudo realizado pela Universidade de Lund, na Suécia, sugere que há relação entre a intolerância à lactose e a incidência de câncer.

A pesquisa foi baseada em registros de internação e ambulatorial. Segundo os dados, 22.788 indivíduos apresentavam intolerância à lactose. Todos passaram por exames para verificar o risco que corriam em sofrer com câncer do pulmão, da mama e do ovário. Após os resultados serem analisados, notou-se que as pessoas com intolerância são menos propensas a sofrerem com estes males do que os sem a intolerância.

Ao verificar o histórico familiar, os pais e irmãos dos intolerantes apresentavam os mesmos riscos que a população em geral. Isto sugere que o baixo risco de câncer em pessoas com intolerância à lactose pode ser uma influência da dieta restritiva.