Para obter essas respostas precisamos entender como nosso corpo funciona durante a prática de atividade física.

Considerando que você esteja saudável e resolva praticar alguma atividade física, naturalmente acontecem algumas ações hormonais que irão aumentar sua frequência cardíaca, fazendo seu coração bombear mais sangue, possibilitando o transporte mais rápido de oxigênio e nutrientes até os músculos. Também acontece o aumento da sua pressão arterial, uma sudorese excessiva para manter sua temperatura corporal estável, e aquela sensação de sede te mantendo em alerta quanto a desidratação, dentre outras reações.

Podemos entender então que existe um conjunto de comportamentos fisiológicos necessário para levar energia até os nossos músculos. Com o surgimento de uma gripe nosso corpo passa a priorizar a defesa do mesmo contra vírus e/ou bactérias, ou seja, levar energia aos músculos deixa de ser a prioridade. Por isso que ao treinarmos em período de gripe é fazer com que o nosso corpo trabalhe em dobro, resultando numa maior queda de imunidade, e até mesmo agravando o quadro gripal.

Existem estudos que apontam para a melhora do quadro gripal quando se pratica uma atividade física leve e com pouca duração no início da gripe, e/ou no final da fase gripal. Porém, cada corpo reage de uma forma, e encontra-se com o seu sistema imunológico diferente um dos outros. Quanto a fase mais aguda da gripe, não é recomendado praticar nenhum tipo de atividade física, pois a mesma facilitará a redução da imunidade, podendo gerar lesões musculares e até mesmo agravar o quadro gripal.

Então nossa melhor estratégia está em cuidar da nossa saúde apenas considerando que o repouso, a alimentação apropriada, a hidratação constante, e os medicamentos ingeridos nos horários corretos e receitados pelo médico, como a “atividade física” do momento. Não se preocupe quanto a “gordurinha” que você não estará perdendo, pois o mais importante é cuidar da nossa saúde. Seja treinando ou estando em repouso, você estará cuidando da sua saúde.

Em dias sem gripe vamos ficar atentos em não realizar atividades físicas em excesso, aquelas com longas durações durante o dia, pois isso tende a diminuir naturalmente a imunidade, com isso ficamos propensos a adquirir qualquer doença. Também não deixe de ingerir alimentos que aumente sua imunidade e mantenha uma hidratação constante.

Talita Ribeiro

Profissional de Educação Física

CREF: 022819G/MG

Related posts:

  1. Benefícios da atividade física na melhora da circulação sanguínea
  2. Será que só suplementos ajudam na atividade física?
  3. Alimentação saudável e atividade física: Uma dupla dinâmica!
  4. FÉRIAS… ALIMENTAÇÃO… ATIVIDADE FÍSICA… COMO FICARÁ?
  5. Corpo Perfeito: Alimentação x Atividade Física